Lufthansa e Air France evitam Sinai após queda de avião

Duas das maiores empresas aéreas da Europa decidiram não voar sobre a península do Sinai enquanto esperam esclarecimentos sobre o que provocou a queda de um avião comercial russo com 224 passageiros na área neste sábado.

A alemã Lufthansa e a Air France-KLM preferiram evitar a região por motivos de segurança, disseram as porta-vozes das duas companhias.

“Tomamos a decisão de evitar a área

Saiba Mais!

China assina acordo com Alemanha para compra de 130 jatos

A China e a Alemanha assinaram um acordo nesta quinta-feira que levará companhias aéreas chinesas a comprar 130 jatos da Airbus, o que fez as ações de fabricantes de aeronaves subir.

A encomenda, avaliada em 17 bilhões de dólares, foi anunciada após a chanceler alemã, Angela Merkel, se reunir com o premiê chinês, Li Keqiang, em Pequim.

As ações da Airbus, a segunda maior companhia

Saiba Mais!

BOEING AUMENTA BAGAGEIROS NA CABINE DO 737

Quem pega avião com frequência já deve ter acompanhado momentos de confusão a bordo por causa de bagagens de mão que não cabem nos compartimentos na cabine. Ou a mala é muito grande ou o bagageiro já está lotado. Nesses casos, a maioria das malas que não encontram espaço no interior da aeronave com os passageiros acabam despachadas para o compartimento de carga da aeronave.

Esse tipo de situação

Saiba Mais!

AIRBUS PREPARA PRIMEIRO VOO DE HELICÓPTERO DIESEL

Os motores diesel são uma ótima pedida na Europa para automóveis, com números impressionantes de (baixo) consumo. No Velho Continente, esse tipo de motor evoluiu ao ponto de se tornar mais limpo que os movidos a gasolina e com uma performance que não deixa nada a desejar. Os últimos carros vencedores da clássica corrida 24 Horas de Le Mans, por exemplo, foram modelos Audi equipados com

Saiba Mais!

Air France propõe novos contratos baseados em produtividade

 

A direção da Air France propôs aos pilotos, e vai a fazer o mesmo com o resto da tripulação, três tipos de contratos com salários diferentes em função dos compromissos que quiserem assumir em termos de competitividade.

O diretor de recursos humanos da Air France, Xavier Broseta, explicou em entrevista publicadanesta segunda-feira pelo "Le Parisien" que o objetivo da companhia é

Saiba Mais!